Claudia é louca por Flavio, que também adora Claudia, mas não aguenta seu jeito exagerado e espaçoso de amar. Histórias de Amor que não Pertencem a este Mundo é italiano, fala do relacionamento com mais altos e baixos do que é possível suportar.

Tem humor, no exagero de Claudia. Controladora e ciumenta, se apaixona por Flavio, mas faz da vida deles uma verdadeira montanha russa. Tem a questão do tom passional dela, mas também do descontrole que essa relação gera. Claro, a diretora está pautando a relação que não funciona quando é baseada na expectativa. Não rola, enlouquece todo mundo e, por mais que se queira ficar junto, o que prevalece acaba sendo a busca por uma suposta “estável felicidade”.

A diretora Francesca Comencini fala de amores, mas também desse caminho nebuloso que Claudia persegue no outro, quando no fim das contas está tentando encontrar a si mesma. Com esse título enorme, de tão comum que são relações assim, eu diria que é até irônico dizer que são “histórias de outro mundo”. É daqui mesmo.

Escrito por