“GGGRRRAAAWWWRRRGGGHHH!” Não entendeu nada? Caso você não saiba ler em Shyriiwook, o idioma dos Wookiees, raça de Chewbacca, aqui vai a tradução: “Han Solo – Uma História Star Wars” chegou ao Looke!

O filme mais recente do universo criado por George Lucas é o mais diferente entre os dez (já são 10!) da franquia. Nele, vemos a história de um dos personagens mais icônicos da saga. Em dificuldades, um ainda jovem piloto Han Solo e sua parceira Qi’ra precisam fugir de seu planeta. Essa é a premissa para uma jornada que se desenvolve rápido, e que em seu caminho nos leva ao encontro de nomes já conhecidos como Chewie e Lando Calrissian. Tudo isso, é claro, viajando na icônica e amada Millennium Falcon.

Nomes novos também entram em cena, dando força a um dos melhores aspectos do filme: os personagens. Desde o mercenário Beckett até a robô L3, todos têm uma participação interessante na história. Talvez apenas Lando deixe um pouco a desejar, até pela expectativa criada pela escalação do incrível Donald Glover para o papel.

O elenco, muito bem escolhido, conta com nomes como Emilia Clarke, Woody Harrelson, Paul Bettany, Thandie Newton e Jon Favreau. Além disso, Alden Ehrenreich surpreende como protagonista, e se sai muito bem na difícil missão de reviver um personagem tão marcante interpretado por Harrison Ford.

Em sua narrativa, o longa responde a quase todas as perguntas que fazíamos sobre o passado do mercenário. Mas a pergunta que ele não responde é: será mesmo que os fãs queriam essas respostas? Até então, o passado de Han era algo nebuloso, quase que um mito dentro do universo de Star Wars. Ficávamos imaginando se ele teria mesmo feito tudo aquilo, se teria floreado as histórias, ou ainda (o mais provável) uma mistura entre os dois.

E você, queria todas essas perguntas respondidas? Tire a sua própria conclusão sobre o filme: clique na foto do Chewie e assista!

Escrito por