A Academia Brasileira de Cinema divulgou na última semana os vencedores do 18º Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, a mais importante premiação do cinema nacional, cuja cerimônia aconteceu no Theatro Municipal de São Paulo. Dentre os principais vencedores da premiação, quatro títulos estão disponíveis aqui no Looke.

 

Com seis prêmios cada, os grandes vencedores da noite foram “Benzinho”, que foi premiado em melhor longa-metragem de ficção, direção (Gustavo Pizzi), roteiro original, montagem de ficção, atriz (Karine Teles) e atriz coadjuvante (Adriana Esteves); e “O Grande Circo Místico”, do diretor Cacá Diegues, que venceu as categorias de roteiro adaptado, fotografia, direção de arte, figurino, maquiagem e efeito visual.

 

O documentário “My Name is Now, Elza Soares” venceu como melhor trilha sonora original pelo júri oficial, e como melhor documentário pelo júri popular. Já “O Nome da Morte” foi premiado com Matheus Nachtergaele como melhor ator coadjuvante. Confira os filmes:

 

  • Benzinho (Drama) – Irene mora com o marido Klaus e seus quatro filhos nos arredores do RJ. Em crise no trabalho e com a irmã, ela terá que lidar com a partida do primogênito, convidado para jogar handebol na Alemanha.

 

  • O Grande Circo Místico – (Romance, Drama) Em meio ao universo de uma tradicional família austríaca, que é dona do Grande Circo Knieps, nasceu um improvável romance entre um aristocrata e uma acrobata. Este é o retrato dos 100 anos de existência do Grande Circo e das cinco gerações do clã à frente do espetáculo e suas histórias fantásticas. Filme indicado como representante brasileiro ao Oscar 2019.

 

  • My Name is Now, Elza Soares – (Documentário, Musical): Elza Soares diante do espelho/câmera, cara a cara, nos desafia numa saga, que ultrapassa o tempo, espaço, perdas e sucessos.

 

  • O Nome da Morte (Drama) – Júlio Santana é um pai de família, um homem caridoso, um exemplo para sua família e um orgulho para os seus pais. No entanto, ele esconde outra identidade sob essa fachada: na verdade, ele é um assassino profissional responsável por 492 mortes. Entre a cruz e a espada, entre a lei e o crime, Júlio precisa descobrir uma forma de enfrentar os seus demônios.

Escrito por