O Enigma da Rosa” é um suspense dramático espanhol recheado de segredos, mistérios e reviravoltas, uma ótima dica para quem gosta de cinema e principalmente para quem é fã do gênero. Na história, a  jovem Sara, filha de Oliver e Julia, desaparece de repente. Dias se passam sem nenhuma notícia sobre a menina, até que a família recebe uma carta de alguém que diz ter sequestrado Sara e quer apenas uma coisa: falar com eles naquela mesma noite.

 

A Thematic Entertainment, produtora cinematográfica do superastro Chris Hemsworth, adquiriu recentemente os direitos do filme e fará uma versão hollywoodiana da história. Conhecido por interpretar Thor no Universo Cinematográfico da Marvel, Hemsworth lançou a sua produtora no ano passado, com o objetivo de desenvolver histórias de apelo global.

 

De Londres à Califórnia, “O Enigma da Rosa” viajou o mundo recolhendo 30 prêmios e 46 seleções internacionais, um recorde para um filme independente na Espanha. Entre eles destacam-se os festivais de cinema de San Diego, Chicago e Oaxaca e o prêmio de melhor filme no Festival de Cinema de Madri. O filme já foi vendido para toda a América Latina, além de diversos países como Estados Unidos, China, Alemanha, Áustria, Suíça e Portugal. Escandinávia, França e Japão também negociam os direitos.

 

É um thriller cativante e de rara intensidade, mesmo sem cenas de ação e baseado quase que apenas no ótimo roteiro. Além de uma aula de como um suspense deve ser feito, o filme conta com interpretações incríveis e um final que irá te espantar de muitas maneiras, de ódio a total alegria. Um ótimo trabalho do diretor Josué Ramos deixa o público passar por uma montanha-russa emocional. A conclusão, surpreendente, traz o efeito de choque tão difícil de ser alcançado, mas que aqui funciona muito bem.

 

Escrito por