Um dos prêmios mais importantes do Oscar é a categoria de Melhor Filme Internacional, que no passado também já foi chamada de Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Filme em Língua Estrangeira. Aqui no Looke temos diversos títulos que foram indicados ao prêmio e entre eles alguns que venceram. Inspirados pelo recente lançamento do polonês Corpus Christi, sem dúvida um dos melhores títulos do ano até agora, montamos uma lista incrível com os filmes mais recentes indicados e vencedores nessa categoria. E dá pra ver como o cinema da Polônia tem se destacado, confira:

 

  • Parasita (Suspense, Drama, Comédia) [Coréia do Sul, 2019] – Toda a família de Ki-taek está desempregada, vivendo num porão sujo e apertado. Uma obra do acaso faz com que o filho adolescente da família comece a dar aulas de inglês à garota de uma família rica. Fascinados com a vida luxuosa destas pessoas, pai, mãe, filho e filha bolam um plano para se infiltrarem também na família burguesa, um a um. Venceu o prêmio.

 

  • Ida (Drama) [Polônia, 2014] – Em 1962, Anna, uma órfã criada por freiras num convento polonês, é novata. Ela tem que ver Wanda, o único parente vivo, antes de fazer seus votos. Wanda conta a Anna sobre suas raízes judaicas. Ambas as mulheres iniciam uma jornada não apenas para descobrir a história trágica de sua família, mas para ver quem elas realmente são e a que pertencem. Eles questionam no que costumavam acreditar. Venceu o prêmio.

 

  • Corpus Christi (Drama) [Polônia, 2019] – Daniel é um rapaz de 20 anos que experimenta uma transformação espiritual enquanto vive em um centro de detenção para jovens. Ele quer se tornar padre, mas isso é impossível por causa de sua ficha criminal. Quando é enviado para trabalhar na oficina de um carpinteiro em uma pequena cidade, ele se veste de padre e acidentalmente assume a paróquia local. A chegada do jovem e carismático pregador é uma oportunidade para a comunidade iniciar um processo de cura após uma tragédia que aconteceu na região.

 

  • Guerra Fria (Drama, Romance) [Polônia, 2018] – Durante a Guerra Fria, entre a Polônia stalinista e a Paris boêmia dos anos 50, um músico amante da liberdade e uma jovem cantora com histórias e temperamentos completamente diferentes vivem um amor impossível.

 

  • Cafarnaum (Drama) [Líbano, 2018] – Aos doze anos, Zain carrega uma série de responsabilidades: é ele quem cuida de seus irmãos no cortiço em que vive junto com os pais, que estão sempre ausentes graças ao trabalho em uma marcearia. Quando sua irmã de onze é forçada a se casar com um homem mais velho, o menino fica extremamente revoltado e decide deixar a família. Ele passa a viver nas ruas junto aos refugiados e outras crianças que, diferentemente dele, não chegaram lá por conta própria.

 

  • Honeyland (Documentário) [Macedônia, 2019] – A última caçadora de abelhas da Europa deve salvar as abelhas e devolver o equilíbrio natural em Honeyland, quando uma família de apicultores nômades invade sua terra e ameaça seu sustento. Este filme, filmado na Macedônia, é uma exploração de uma narrativa visual indígena observacional que afeta profundamente nosso comportamento em relação aos recursos naturais e à condição humana. Indicado ao Oscar® 2020 nas categorias de ‘Melhor Filme Internacional’ e ‘Melhor Documentário’.

 

Escrito por