Nesta quinta-feira, 5 de novembro, é comemorado o Dia do Cinema Nacional, por isso separamos uma lista com 5 filmes incríveis para valorizarmos os artistas do audiovisual brasileiro, confira:

 

  • Benzinho (Drama) – Irene mora com o marido Klaus e seus quatro filhos nos arredores do RJ. Em crise no trabalho e com a irmã, ela terá que lidar com a partida do primogênito, convidado para jogar handebol na Alemanha. Estrelando: Adriana Esteves, Camilo Pellegrini, César Troncoso, Karine Teles, Mateus Solano e Otavio Müller.

 

  • O Doutrinador (Ação, Suspense) – Um militar aposentado do exército não se conforma com uma sociedade em que políticos enriquecem cada vez mais enquanto a população sofre com a violência e a marginalização. Então, ele decide arriscar sua vida para acabar com seu maior inimigo: a corrupção.

 

  • Boi Neon (Drama) – Iremar é um vaqueiro que viaja pelo Nordeste ao lado de Galega e da pequena Cacá. Por onde passa, ele recolhe revistas e manequins, já que seu sonho é largar tudo para se tornar estilista.

 

E além disso, agora também é possível assinar o canal Tela Nacional de maneira independente por apenas R$ 9,90 ao mês! Os assinantes terão acesso a um extenso catálogo de filmes brasileiros para assistir quando e onde quiser. E dois dos títulos da nossa lista fazem parte desse catálogo:

 

  • O Crime da Cabra (Comédia) – Uma cidadezinha do interior tem sua rotina interrompida por um crime inesperado: o dinheiro da venda de uma cabra foi roubado. Após investigações, descobre-se que a cabra, na verdade, comeu o dinheiro da sua venda. O que vem depois da revelação é uma litigiosa e hilária discussão para saber, de fato quem saiu lesado na história: o homem que pagou e não ficou com a cabra ou o que era o dono e não recebeu pela venda. Estrelando: Arlete Salles, Cláudia Rodrigues, Laura Cardoso, Lima Duarte, Mauro de Almeida, Rafaela Puopolo, Valéria Monteiro.

 

  • Todo Tempo do Mundo (Drama) – O ano é 2006, dez anos após do encontro que marcou a vida de Beto e André, a vida segue na capital um pouco fora do eixo. O underground carioca permeia os caminhos de Beto que perto dos seus trinta anos se encontra em profundo estado de busca interior. Uma jornada de busca de si mesmo no tempo de cada um. E no meio do caminho, a vida. A série é uma continuação do longa metragem “Eu te amo Renato” (2013).

 

 

 

Escrito por